COVID19 | Ampliflix: Como as Escolas e Professores se Preparam

Por Carla Arena · 17 de março de 2020

Gravação com ideias e estratégias para escolas e professores se prepararem para a paralisação

No Ampliflix, convidados super especiais, trazendo suas experiências de preparação para a paralisação de contenção do COVID19. Na audiência do Youtube e Face, muita interação, com dicas preciosas e perguntas para lá de oportunas.

Estêvão Zilioli, Giselle Santos e Tiago Bevilaqua compartilharam sugestões e ideias para planos de contingência baseadas no que estão vivendo como gestores, professores e indíviduos conscientes do nosso papel de educador que já transita no meio digital para ajudar aqueles que forçosamente devido às circunstâncias estão tendo que se adaptar rapidamente e sem muito apoio das escolas que neste momento têm que trabalhar em várias frentes.

Se você está preparando seu plano de contingência, o guia rápido que elaboramos pode te ajudar, e essas dicas da gravação da Live.

Canal de Comunicação

Falamos de aspectos essenciais que devemos pensar na estratégia de paralisação, e começamos pela decisão de como abriremos os canais de comunicação com pais, professores e alunos para baixar a ansiedade e trazer informações corretas e confiáveis. A população já tem a devida enxurrada de pânico. Nosso maior papel, trazer clareza na comunicação.

Isso implica que provavelmente haverá uma escolha de canais variados para públicos e objetivos diversos. O Estêvão, por exemplo, falou que o primeiro passo em sua escola foi criar um Google Sites com todas as infos compiladas e de interesse dos pais. Email também tem sido um forte aliado. Nosso alerta? Grupos de whatsapp são o maior vírus do momento. Então, uma forma da escola e professores lidarem com isso, é ter alguns cards feitos pela equipe de marketing com pílulas de informação relevante. A equipe de marketing está sobrecarregada, utilize o http://canva.com que está com contas premium abertas para educadores. Texto simple e direto com informações essenciais. É disso que a comunidade precisa.

Samara falou que na sua escola, onde Carla é mãe com filho do ensino médio, todas as infos têm sido dadas por email com tudo que é importante saber para manter todos calmos, mas o diretor também tem passado as mensagens por whatsapp direto para os pais que os procuram.

Tiago Bevilaqua relatou como a Avenues, escola em São Paulo onde ele trabalho, fez uma força-tarefa de dois dias com toda a equipe acadêmica para passar orientações iniciais para os professores que estão trabalhando online. E agora que todos já estão se encontrando remotamente, a equipe estabeleceu o que chamam de “touchbase”, pequenos encontros diários com as equipes para redirecionamentos e alinhamentos necessários. Que plataforma você pode usar com sua equipe para isso? Algumas opções, o Hangout Meet do Google, o Webex da Cisco, o Zoom, todos com acessos premium liberados para educadores. Adoramos também a ideia de mentoria entre os próprios professores que têm mais fluência digital com os que precisam de uma capacitação inicial. Este é um ótimo caminho para fortalecer, em primeiro lugar, a comunidade acadêmica.

O tom & a escuta

Enfatizamos a importância da escola estabelecer o tom das conversas com os professores para que todos estejam alinhados. Vale aqui até umas mensagem já pré-elaboradas com as devidas adaptações ao contexto para ajudar a todos.

E no quesito tom, Gi e nossos outros convidados enfatizaram muito durante a conversa a importância de ouvirmos os alunos, de entendermos quais os ajustes que precisamos fazer e como comunicar. Rever e realinhar são palavras de ordem onde tudo que estamos fazendo agora é novo para a grande maioria. Por isso, a escuta e o tom do nosso diálogo são essenciais para mantermos a tranquilidade nesta área que parece estarmos em areia movediça.

Comunidade

E quando tudo parece incerto, nossa chance de sucesso e evolução reside no outro. Em trabalharmos juntos, buscarmos conexões e principalmente modelarmos a calma, como bem nos lembrou Tiago Bevilaqua. Não adianta pedirmos calma se o nosso tom e postura são desesperadores.

Precisamos criar nossa rede de segurança psicológica, como sempre nos lembra a pesquisadora, Amy Edmondson, para que a gente se sinta confortável em pedir a ajuda, em enfrentar nossas próprias vulnerabilidades e lacunas técnicas. É assim que times de verdade e que trazem bons resultados para a comunidade trabalham. E temos que modelar isso, criando uma rede de confiança que seja transmitida de nós, para os pais e nossos alunos.

Isso implica enviarmos comunicados e sermos consistentes, acalmar colegas, estar disponível e presente para os que precisam, criarmos toolkits que sirvam de liga para o trabalho remoto e para o próprio núcleo familiar que atendemos.

Bem Estar dos Professores e Equipe

E para que a gente entre em um fluxo que seja equilibrado e oportuno nestes tempos de pandemia com tantas camadas de complexidade, bem estar em primeiro lugar. O que significa que não é o conteúdo, as tarefas que temos que fazer, mas primeiro estabelecermos nossas rotinas para estarmos bem e podermos estar a serviços dos nossos.

Falamos de criar nossas rotinas, criar um ambiente próprio na casa para o trabalho remoto, dar intervalos e circular, ter um momento para si, sair de frente da tela é fator essencial.

Ao cuidarmos da gente, teremos a calma que precisamos para sermos ágeis nas decisões diárias e nos aprendizados que faremos ao longo do processo.

Caixa de Ferramentas

Também tivemos uma boa discussão sobre “toolkits”, as caixinhas de ferramentas que precisamos criar para todos. Uma para os professores, com recursos, diretrizes, comunicação, encontros, contatos. Outra para os pais, até mesmo um kit físico de atividades e sugestões, se for viável. Muitas escolas têm montado essa caixinha, seja física ou virtual, para que todos se sintam mais amparados e prontos para enfrentarem da melhor maneira que podemos o desafio da pandemia.

Alguns Recursos

Alguns recursos que comentamos durante a live, ficam aqui de referência para você e seus colegas:

Generosidade

O momento que vivemos é de transmissão da mensagem de coletividade. O #tamojunto mesmo separados fisicamente nunca esteve tão presente, e para o que você precisar, saiba que tem um grupo de educadores prontos para te ajudar.

Confira o ampliflix “COVID19: Como as Escolas e Professores se preparam” na íntegra aqui. E compartilhe com os colegas.

conheça o autor

Carla Arena

"Ter idealizado o Amplifica e vê-lo impactar a vida de educadores e líderes educacionais é o que nos impulsiona a levantar todas as manhãs sempre buscando soluções inovadoras e significativas para ajudarmos a educação no país a ser cada vez mais conectada ao mundo, aos alunos e educadores. Amplificar é transformar desafios e soluções."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

veja mais

artigos

Menus de Aprendizagem no Wakelet

Uma jornada de força em busca de motivação

30 de dezembro de 2020 . Por Team Amplifica

Logo quando entramos em Dezembro, o sentimento de “já vai acabar” parece que ficou ainda mais latente. Pena que a […]

Saiba mais

Precisamos nos acostumar a pedir ajuda

17 de dezembro de 2020 . Por Team Amplifica

Você se acha uma pessoa mais aberta ou fechada? Como se sairia na seguinte situação: São 19h30, você está com […]

Saiba mais

Você tem uma atitude passiva ou ativa?

10 de dezembro de 2020 . Por Team Amplifica

Estivemos escutando uns podcasts maravilhosos essa semana, e um que nos deixou por aqui nos questionando sobre os nossos próprios […]

Saiba mais

2020 | Site por Oni Design de negócios

Share via
Copy link
Powered by Social Snap